Ruínas de Alcácer-Ceguer

Ruinas de Alcacer-Ceguer Marrocos

Ruínas de Alcácer-Ceguer Marrocos

Ruínas de Alcácer-Ceguer

As Ruínas de Alcácer-Ceguer (cujo nome oficial é hoje Ksar Sghir) ficam situadas no Norte de Marrocos, na região de Tânger-Tetuão.

Esta antiga cidade foi conquistada por Portugal, em 1458, pelo rei D. Afonso V. A conquista sobre os mouros de Alcácer-Ceguer visou fazer parte de umas possíveis cruzadas dos europeus por terras muçulmanas.

O objectivo seria travar o Islão, numa altura em que, no extremo oriental da Europa, os Turcos Otomanos tinham conquistado Constantinopla (hoje, Istambul).

Em Marrocos, a tomada de Alcácer-Ceguer foi uma das primeiras demonstrações da vontade expansionista de Portugal. Viria mesmo a ser o princípio de outras conquistas no norte de Marrocos como Tânger e Arzila.

Só cerca de 100 anos após a entrada em Alcácer-Ceguer, em 1550, é que os portugueses deixariam esta praça. Em 1609, a cidade passaria a ser o destino dos mouros expulsos de Espanha.

Hoje em dia, o complexo arqueológico que marca a presença lusitana neste local tem várias ruínas interessantes, incluindo os restos de fortificações, a couraça, casas, igrejas e o Portão do Mar.