Msoura

Msoura Marrocos

Msoura Marrocos

Msoura

Msoura é uma pequena aldeia no norte de Marrocos, a cerca de 25km a sul de Asilah.

Aqui encontra-se um testemunho da pré-história, o Cromeleque de Msoura. Perdido no meio do mato, consiste em 167 monólitos em torno de um túmulo de quase 55 metros de diâmetro.

Um dos monólitos que ainda se mantém em pé, conhecido como El Uted, mede uns impressionantes 5m de altura. Existem dois outros com dimensões semelhantes mas estão já tombados. O Cromeleque de Msoura não é o maior do mundo mas é, sem dúvida, um dos que possui o maior número de pedras ainda em pé.

No centro do cromeleque encontra-se um túmulo onde estará sepultado um dos primeiros reis da Mauritânia, o nome antigo da região correspondente à costa mediterrânea do que é hoje Marrocos e Argélia.

Existem ainda outras estruturas fora do círculo de pedras, compostas por rochas mais pequenas. Os investigadores descobriram que o cromeleque, como outros no mundo, poderá ter uma orientação astronómica, já que múltiplos azimutes apontam para diversas direcções no céu. No entanto, o maior eixo do desenho elíptico feito pelas pedras aponta para Jbel Si Habib, a mais alta montanha no horizonte, com 867m de altura.

Segundo algumas crenças do povo, o local estará amaldiçoado e existem lendas que contam que alguns investigadores ficaram loucos. Também se diz que o cromeleque tem poderes medicinais.

De acordo com os antigos Berberes, este local em Msoura teria sido construído pelos gigantes pagãos Djouhalas. Já segundo os Gregos, aqui foi enterrado o gigante Anteu, após ter sido derrotado por Hércules.

Hoje em dia, o Cromeleque de Msoura é um marco histórico visitado por turistas, uma das maiores curiosidades arqueológicas desta região.