Dunas de Erg Chebbi

Dunas de Erg Chebbi Marrocos

Dunas de Erg Chebbi Marrocos

Dunas de Erg Chebbi

As Dunas de Erg Chebbi são as mais espectaculares de Marrocos. Na zona sudeste, perto da fronteira da Argélia, são também muitas vezes chamadas de Dunas de Merzouga.

Erg Chigaga, a sul de Ouarzazate, é onde o “mar” de areia tem uma maior extensão (40×15 quilómetros). Mas Erg Chebbi possui, de longe, as dunas mais altas do país, chegando a atingir os 250m de altura!

Este é, sem dúvida, um dos lugares mais impressionantes de Marrocos e, por isso, e muito procurado por turistas cujo interesse foi despertado pela atenção mediática dada por competições internacionais de todo-o-terreno como o Dakar ou a África Race.

As imagens de montanhas de areia de cor vermelha forte enamoram qualquer pessoa. Mas percorrer as Dunas de Erg Chebbi a pé pela crista das dunas ou desafiando-as numa subida enterrando os pés na areia até chegar à melhor posição para observar o magnífico pôr do sol é algo de fantástico.

Ao redor de Erg Chebbi existem albergues que servem de base à exploração deste magnífico lugar. Muitos têm uma decoração típica do Deserto do Saara que complementa o cenário natural. Alguns possuem mesmo uma piscina. Um mergulho nas águas à beira de dunas gigantescas é surrealista.

Se aceitarem a oferta (e o desafio) de alguns albergues, os turistas poderão entrar na água mas também entrar a fundo, ser mesmo enterrados, nas areias que se diz possuir propriedades para ajudar a diminuir os efeitos do reumatismo.

Estes albergues organizam ainda passeios na região em veículos 4×4, para descobrir outras paisagens e a cultura local. Mas os mais populares são mesmo os passeios de dromedário ao nascer ou ao pôr do sol. A experiência total é que terminem em acampamentos nómadas no meio das Dunas de Erg Chebbi para aí pernoitar depois de comer um delicioso jantar típico Berbere, em redor duma fogueira, em ambiente de festa com música e dança.

Apesar de haver muitas pessoas a procurar a experiência única de Erg Chebbi, em grande medida, as dunas continuam intocadas e constituem um lugar de uma mística que só se consegue sentir em pleno com os pés na areia e o sol ou a lua a iluminá-lo.